segunda-feira, 2 de maio de 2011

Agonista e Antagonista

Uma das características fundamentais que devem ser levadas em consideração no treinamento é o equilibrio muscular, pois além de levar o indivíduo a problemas posturais pode estar impedindo seu progresso.
Não importa qual a divisão do seu treino, é importate manter um equilíbrio entre musculaturas opostas.
Mas como isso pode ser feito?
O FATOR QUANTIDADE
Por exemplo não adianta fazer 10 exercícios de peito e 4 de costas. O excesso de um padrão de movimento vai levar a uma discompensação que acarretá em problemas articulares.
O FATOR CARGA
Uma outra característica é a carga utilizada nos exercícios, com o treinamento é possível tornar uma musculatura muito mais forte que outra. Por exemplo treinar supino com muito afinco e treinar costas sem muita vontade, tornará você propenso a lesões e desvios posturais.

O FATOR DESCANSO
uma das características mais marcantes na academia é que segunda é dia de treinar peito, isso ajuda a sempre treinar o peitoral, extremamente revigorado do descanso do fim de semana, e treinar costas na terça já "cansado"(principalmente dependendo das escolhas do treino de peitoral).

O FATOR INTENSIDADE
Já repararam que existe "rosca 21" mas é raro, muito raro, ouvir falar de tríceps 21? São esses pequenos detalhes que fazem toda a diferença. Cuidado também com movimentos que usem o peso corporal, uma barra é totalmente diferente de uma flexão de braço em questão de intensidade.

No geral parece complexo, mas são pequenas atitudes que vão fazer toda a diferença no seu treino e nos resultados que você vai alcançar. Abraços e Bons Treinos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário