terça-feira, 30 de agosto de 2011

Isométria e Dinâmico

Hoje vou ensinar um técnica diferenciada, se trata de combinar o treinamento isométrico com o dinâmico na MESMA série, ou seja, não será uma série só isométria, nem só dinâmica. Vamos ver como utilizar isso a seu favor!


Na maior parte dos casos de lesão os responsáveis pela reabilitação, o fisioterapeuta e o educador físico, costumam prescrever treinamento isométricos e posteriormente dinâmicos. Daí me surgiu uma questão: porquê não criar um "isodiâmico"?(antes que me matem esse termo existe e é referênte a outra coisa no treinamento)
Supondo que o individuo realizava:
1 série de 30 segundos na cadeira extensora
Ele pode passar a realizar
2séries de 15 segundos SEM DESCANSO na cadeira extensora.

Porquê disso? Pois apesar do trabalho isométrico continuar sendo o mesmo ele adicionou 2 movimento, o que exige mais da musculatura e articulações dele.
Obviu que isso pode ser bem progresivo como no exemplo ou mais radical como 6 repetições de 10 segundos sem descanso.

Mas e o que isso tem haver com hipertrofia?
Simples você pode usar isso para aumentar ainda mais o tempo sobre tensão da musculatura o que resulta em mais acumulo de metabolitos, maior sobrecarga e....maior hipertrofia!
Sim! Mais hipertrofia!
Como posso usar isso no meu treino?
Comece realizando no último exercício da sua série, pois essa técnica além de aumentar a intensidade, aumenta a segurança já que a carga tem que ser diminuída.

Abraços e Bons Treinos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário