sábado, 26 de novembro de 2011

A saga de um bodybuilder

Olá pessoal,

Após algum tempo de inatividade (aqui no blog somente, os treinos continuam perfeitos) estou de volta e desta vez para um desabafo.
É incrível esta época do ano. Basta chegar próximo de dezembro as academias lotam, a maioria deste "novo" público vem preocupada com o carnaval que se aproxima, até ai nada demais, se não fosse o fato deles (vou defini-los aqui), os frangos de verão serem muito parecidos com seus gestos e atitudes.
Nós, que treinamos sério e com amor ao esporte somos obrigados a ter que aguentar conversinhas sobre baladas, álcool... Engraçado que são estas mesmas pessoas que na loucura de ficar forte em 3 meses, injetam tudo que veem pela frente combinam isto com balada e álcool e morrem, então a mídia pega estes casos e culpa os esteroides e todos passam a ver a musculação/fisiculturismo e todos seus praticantes com todo este preconceito.

Quero deixar claro, que tudo que todas opiniões que expresso aqui, são de minha inteira responsabilidade, provavelmente o Ricardo e o Elissandro tem opiniões diferente da minha.

6 comentários:

  1. Eu concordo com a parte sensacionalista da mídia. E entendo que para atletas é difícil toda essa questão, pois afinal você se sente como se falassem mal de você.
    Das pessoas que entram na academia nessa epoca do ano eu fico feliz, não por toda falação, mas é que a cada ano temos uma nova chance de mudar a vida de milhares de pessoas e jovens, que podem melhorar de vida, serem mais saudáveis e felizes com a prática de um esporte fantástico que é a musculação.
    Gostei muito do video, eu acredito que o mais importante em qualquer coisa é porquê não acreditar que é possível fazer melhor? Você pode ser melhor, não importa se não melhor que o outro, mas melhor que si mesmo. Eu sempre admirei o fisiculturismo, antes mesmo de treinar qualquer atleta ou de entrar no ramo de treinamento, pois esses atletas são o que eu chamo de verdadeiros atletas, são atletas 24hrs e levam seu corpo ao extremo pelo esporte.

    ResponderExcluir
  2. Concordo com boa parte do que você disse Alexandre, só não concordo com uma coisa: classificar pessoas que estão iniciando na musculação como "frangos", acho meio preconceituoso apesar de acreditar que não foi seu intuito e de saber que a muito essa expressão é utilizada no mundo da musculação. Que tal mudarmos isso? No mais concordo com tudo que você e o Ricardo falaram não se pode jogar todos no lixo por causa de uma minoria que não entendem o que é este esporte. Abraços e gostei muito do vídeo!

    ResponderExcluir
  3. Elissandro, desculpe se me expressei errado! Não falei dos iniciantes desta epoca do ano nao! Por favor! Falei sempre das mesmas pessoas que retornam a academia nesta epoca do ano focando especificamente o carnaval que se aproxima. Eu estou cansado de ajudar os iniciantes, sempre que posso faço isto e adoro, já indiquei o Ricardo para vários.

    O perfil é diferente, nesta epoca do ano, temos alguns idosos começando a treinar, alguns adolescentes também, alguns adultos tentando mais uma vez melhorar a qualidade de vida. Porém os malditos frangos de verão estão sempre lá também.

    ResponderExcluir
  4. Acredito que o Alexandre associou a palavra de frango aos veronistas que só querem tomar anabolizantes.

    ResponderExcluir
  5. Tem que pedir desculpas por nada não rapaz, talvez eu tenha entendido de uma forma diferente! Sei que não seria intenção sua menosprezar ninguém. Abraço!

    ResponderExcluir