quarta-feira, 7 de março de 2012

Musculação: Bi-sets ou Super-sets?

Hoje vou falar um pouco sobre a diferença desses dois tipos de métodos. Muitas pessoas confundem sua utilização e objetivos, bem como qual utilizar em qual momento do treinamento. Vamos entender melhor quando utilizar essas técnicas, seja para condicionamento, perda de gordura ou ganho de massa muscular.
O Bi-set: consiste de 2 exercícios realizados em sequência e sem descanso para partes DIFERENTES do corpo.
O Super-set consiste de 2 exercícios realizados em sequência e sem descanso para a MESMA parte do corpo.

Quando usar o Bi-set?
Essa técnica pode ser utilizada praticamente por todos e sem restrição, o objetivo dela é aumentar o número de exercícios realizados na sessão de treino, além de queimar mais calorias, podemos estímular mais musculaturas sem aumentar muito o tempo de treino. Ideal para quem procura hipertrofia, perda de gordura e condicionamento.

Quando usar o Super-set?
Essa técnica está mais próxima de uma técnica de intensidade, pois realizamos na verdade dois movimentos para o mesmo grupamento muscular, ela é ideal para dar "um choque" no corpo, e visa principalmente perda de gordura e dar um estímulo a mais na hipertrofia (importante que não seja feito por muito tempo, pois isso torna o treino muito focado em resistência).
Existem algumas formas de realizar essa técnica:
-De um isolado para um multiarticular, por exemplo cadeira extensora e agachamento, isso procura dar uma enfase maior em um dos musculos do exercícios multiarticular, é ideal quando uma das musculatura está muito atrás das demais que envolvem o segundo movimento.


-De um multiarticular para um isolado, por exemplo agachamento para cadeira extensora, é justamente quando precisamos realizar algo para estímular a mais aquela determina musculatura que não está reagindo com o treino. A teoria da criação do método é que ativaria mais a musculatura na qual foi feito o movimento isolado, já que ela estaria parcialmente fadigada. O que as pesquisas mais novas indicam que na verdade a musculaturas auxiliares acabam sendo mais ativadas a musculatura-alvo mantém a mesma ativação que um treino normal.

-De isolado para isolado ou de multiarticular para multiarticular, por exemplo tríceps testa para tríceps pulley ou agachamento para leg press, ao realizar esse tipo de sequência estamos procurando aumentar o tempo de exercícios, tradicionalmente partindo no mais pesado para o mais fraco, isso torna o exercício ideal para queima de gordura e condicionamento específico.

O mais importante é utilizar a técnica certa e no momento certo, para alcançar seus objetivos mais rapidamente. Abraços e Bons Treinos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário