segunda-feira, 23 de abril de 2012

Erros no Treino de Peito

Já se perguntou porquê você treina, treina, treina e não vê progresso no seu peitoral, você fica mais forte no treino de costas, pernas, seu volume muscular está melhorando, mas seu peitoral continua igual? Vamos entender quais são os maiores erros e como corrigi-los!

Movimentos curtos
Em toda academia existe alguem que faz supino com 50kgs a mais do que deveria e mal flexiona o cotovelo, é de fundamental importante realizar o exercício no máximo de amplitude para assim conseguir estímular ao máximo as fibras.

Muitos movimentos

Não é necessário trabalhar de todos angulos possíveis para se ter resultado, é necessário sim colocar intensidade no treinamento e para isso é preciso escolher bons exercícios e trabalhar com carga adequada.

Movimentos repetitivos
Você treina a 10anos fazendo supino reto, inclinado, declinado e cross-over declinado. Não é atoa que não tem progresso, seu corpo está totalmente estagnado com o estímulo do treino, é necessário modificar para que ocorra progresso.

Intensidade baixa
Sim, você treina até a fadiga da musculatura, mas e além disso? Todo mundo faz técnicas de intensidade para bíceps e tríceps, pois é "fácil" agora realizar um supino máquina com drop-set, aí mora o desafio.

Frequência baixa
A velha máxima de treinar como os profissionais treinam, é muito, muito díficil treinar peito 1x por semana, isso é para quem tem um volume muscular, muito elevado. Ou seja, procure modificar isso com o tempo também, alternando entre 1 ou 2 vezes por semana, quem sabe fazer uma rotina de especialização e treinar 3x!

E lembrem-se de procurar sempre seu professor para lhe orientar e montar seu treinamento, você ficaria surpreso com os resultados de um treinamento bem elaborado.
Abraços e Bons Treinos!


Nenhum comentário:

Postar um comentário