sexta-feira, 25 de maio de 2012

Repetições Roubadas: Usar ou não usar?

Esse é um assunto polemico, mas antes de mais nada vamos estabelecer um padrão para o que é uma repetição não roubada: é o movimento o mais limpo possível e utilizando somente a musculatura alvo, mantendo uma postura e estabilização para a coluna.

O que são repetições roubadas?
Na verdade repetições roubadas são uma espécie de técnica de intensidade, onde você passa a usar ou o momentum que é o jogar de pesos para realizar a série (o que é OK) ou utilizar outras musculaturas para fazer o movimento (o que tem mais potencial para lesionar).



O que é possível utilizar no lugar de repetições roubadas?
Qualquer técnica de intensidade as duas mais parecidas são o rest pause e o drop-mecânico onde você troca a posição do exercício para utilizar mais musculaturas para completar a série, como por exemplo de uma remada aberta para uma fechada.

Ricardo você utiliza e prescreve repetições roubadas?
Não, pois eu acredito que é necessário um alto nível de conhecimento corporal para utilizar repetições roubada sem se lesionar e além disso os potenciais benefícios podem ser supridos por outras técnicas.

Sendo um aluno avançado quando usar?
É importante usar com cuidado similar a uma técnica de intensidade, mas principalmente tomar cuidado no número de REPETIÇÕES com essa técnica, sim, no máximo 3 repetições, se você "roubar" em mais que isso estará exagerando na carga e no final estará estimulando muito pouco a musculatura-alvo.

Lembre-se de que é importante desenvolver um nível de conciência corporal para utilizar tais técnicas além de ser importante utilizar com inteligencia essa técnica.

Abraços e Bons Treinos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário