terça-feira, 15 de maio de 2012

Treinamento + Nutrição = Resultados

Uma das características mais importantes para se obter resultados com o treinamento é a alimentação. O post de hoje é em homenagem a um aluno da consultoria da RwFit, o Everton:
"O Resultado Foi 3 Kg sendo 2,700 g Massa Magra 0,300 g Agua e com todo esse ganho perdi 0,600 g de Gordura, foi um ganho de pura massa em 20 Dias.
Iniciei o Treinamento e Dieta nova com 76kg e hoje estou com 81,800 kg."


Fiquei muito feliz com os resultados do Everton, e você deve ser perguntar, qual o segredo dele? NENHUM. Vamos entender...


O corpo funciona de uma maneira muito simples, ele tem prioridades e ele sempre vai respeitar essas prioridades:
1- Vida
2- Saúde
3- Energia
4- Músculos


Dentro dessa simplicidade é fácil imaginar os 2 primeiros, mas o 3 e 4 é aí que fica confuso.
Seu corpo pensa que deve estar sempre pronto caso algo de errado aconteça, pode ser escassez de comida até um ataque de leão, para isso a primeira atitude que seu corpo tem é tentar preencher os estoques de glicogênio muscular e hepático, para que não falte energia. Ele faz isso antes de pensar na sua massa muscular.
REGRA 1: coma carboidrato pós-treino antes de pensar em tomar proteína.
Após 5 semanas, você perdeu exatamente 2,5kgs e está com uma aparência horrível e pegou uma gripe nesse tempo.

Da mesma forma quem está buscando emagrecer, passa em frente a uma banca de jornal e lê "dieta de 1200kcal" e pensa: " se com 1200kal eu perco 2kg por semana, em 5 semanas vou ter perdido 10g!" Na primeira semana você realmente está 2kg mais leve na balança, mas com uma aparência meio flácida, se sentindo meio cansado. 
REGRA 2: tudo que é muito extremo da errado, se for muito drástico a mudança seu corpo começa a economizar energia e pior de tudo sacrifica massa muscular.

Você está se alimentando bem e treinando bem, está tendo ganhos, mas acredita que seus ganhos estão vindo muito lentamente, o que você faz? Pensa que seu professor na academia não deve entender muita coisa, procura na internet e vê que o Arnold fazia 6 exercícios para peito e você só faz 3 e pensa" O Arnold fazia o dobro que eu e era o dobro do meu tamanho, ou seja, preciso dobrar meu treino". Excelente, na primeira semana você já se imagina ficando gigante e nem percebe que mal consegue levantar o braço. Em 4 semanas, você está com dor no ombro, cotovelo, joelho e lombar, totalmente desmotivado e não cresceu 1cm de braço. 
REGRA 3: é necessário progredir lentamente, ninguém começa a treinar para fazer uma maratona, correndo uma maratona.

Tudo certo, treino, alimentação e descanso! Mas você houve que existe um suplemento que faz isso, outro que faz aquilo e fica pensando que realmente deve fazer milagre afinal o seu fisiculturista favorito disse que toma, e ele é gigante. Você compra um suplemento, paga uma fortuna pelo pote brilhoso, lê a formulação e vê que aquilo tem 1000kcal! Das duas uma ou você começa a ingerir uma quantidade X todos os dias para ir mais rápido o processo e acaba engordando ou você substituí uma das suas refeições e acaba ficando com deficit de nutrientes. 
REGRA 4: suplementos servem para complementar, não substituir. É necessário elaborar corretamente uma dieta para então incluir os suplementos que só devem ser usados em 2 ocasiões: falta de tempo ou necessidade não suprimida pela alimentação.






Apesar das brincadeiras desse post é importante demonstrar que não é díficil obter resultados, mas que é necessário sim disciplina e dedicação para realizar tudo que deve ser feito. Além disso é fundamental orientação, esqueça milagres e revistas(só leia se o artigo for escrito por mim), é necessário sim dedicação na combinação treinamento + nutrição = Resultados!


Abraços e Bons Treinos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário