segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Qual a melhor estratégia de treino para Definição Muscular?

Para quem nunca realizou um processo de definição muscular, a melhor estratégia parece obscura, o medo de perder massa muscular, o trauma de se realizar uma dieta rigorosa, etc. E o treino deve ou não ser modificado? Vamos entender quais são as opções de treinamento e qual você deve ou não utilizar.

Primeiramente é necessário entender como era seu treino antes do inicio desse período, muitas pessoas se adaptam melhor a treinos muito divididos, outros a treinos frequentes, outro a treinar menos vezes por semana. Além de levar isso em consideração vamos analisar as opções de treinamento, levando em conta qual se encaixa melhor no seu físico e disponibilidade de tempo.

Musculação tradicional + Aeróbio baixa intensidade:
Essa é a opção mais famosa de todas, complementar seu treinamento com um treinamento aeróbio de baixa intensidade. Essa opção requer muito tempo disponível  idealmente 2x por dia, mas pode ser realizada com sucesso em um treino 3-4x por semana, com aeróbio 3x por semana.
O grande insucesso dessa metodologia é que ela é muitas vezes usada o ano todo, por isso quando chega o momento de chocar seu corpo utilizando o aeróbio para isso, ele dará menos resultado.
Como sua alimentação deve estar gerando um deficit energético, cuidado para não abusar da intensidade nos treinos de musculação e na velocidade da corrida(idealmente uma intensidade leve-moderada).

Circuito:
Essa é a modalidade para quem tem pouco tempo disponível para treinar, pois ela ajuda a promover um benefício tanto cardiovascular quanto muscular, e gera um grande gasto energético. Ideal para quem quer treinar 3-4x por semana.
O grande insucesso dessa metodologia está em priorizar o circuito e não a execução do movimento, e se deixar parar pelo cansaço, pois o circuito realmente é exigente e por isso é necessário dosar de maneira muito progressiva os aumentos de carga e volume.

Musculação reduzida + Aeróbio Intervalado:
Essa modalidade é eficiente para quem é disciplinado para realizar um treinamento de musculação intenso e curto e um treinamento aeróbio de alta intensidade, existem duas características nesse treinamento muito importante, não é recomendado para quem está destreinado/muito pesado, pela grande sobrecarga nas articulações, ou para quem possuí algum problema de saúde, como diabetes e hipertensão.
A musculação deve ser intensa e curta, já que não devemos exigir muito no aspecto de recuperação através do treino de musculação, pelo treinamento aeróbio intervalado também exigir mais da recuperação que o contínuo.

Lembrem-se que é necessário sempre conciliar uma alimentação adequada para alcançar seus objetivos.
Abraços e Bons Treinos!

Um comentário: