segunda-feira, 15 de abril de 2013

Como Começar a Correr com o Pé Direito!

A corrida é uma febre mundial, e todos os dias podemos observar centenas de novos praticantes colocando seus tênis e camisetas ultra modernas e começando a correr. Mas será tão simples assim? Vamos entender como se preparar adequadamente para evitar qualquer problema de saúde e obter os resultados que você espera.



Para que a prática da corrida se desenvolva de maneira saudável e você alcance seus objetivos, sejam eles bem-estar, saúde, emagrecimento ou diversão, alguns cuidados devem ser tomados. Aqui, vou falar um pouco sobre os fatores fora do treinamento e também sobre o próprio treinamento.
Para iniciar qualquer treinamento é necessário consultar um médico antes, para ter certeza que você está apto a praticar atividades físicas.

O TÊNIS
Chega o momento da compra de um tênis adequado, muitas pessoas compram tênis de acordo com a beleza, de acordo com o preço, mas o fundamental é comprar um tênis de acordo com sua pisada (lógico sem deixar de lado os aspectos anteriores), você pode ter 3 tipos de pisadas:
Pisada Pronada - Acontece quando, durante a movimentação, a parte de fora do calcanhar toca o chão e o pé inicia a rotação para dentro e só depois se endireita. Uma quantidade moderada de pronação é necessária para que o pé funcione apropriadamente, no entanto, lesões podem acontecer com a pronação excessiva. Quando a pronação excessiva acontece, o arco do pé se achata, alongando músculos, tendões e ligamentos que ficam na parte inferior do pé.
Pisada Supinada - Acontece quando, durante a movimentação, o calcanhar toca o solo e o pé inicia uma rotação para fora. Uma quantidade normal de supinação acontece quando, durante a pisada, o calcanhar deixa o solo e os dedos são usados para a propulsão do corpo. No entanto, a supinação excessiva põe uma carga grande nos músculos e tendões que estabilizam o tornozelo.
Pisada Neutra - Também começa com a parte externa do calcanhar e o pé rotaciona ligeiramente para dentro durante a movimentação, terminando com a parte da frente do pé inteira tocando o solo.
Converse com um vendedor ou procure na internet um tênis adequado para você.

MUSCULAÇÃO
Apesar de correr ser um movimento natural do ser humano, a cada passada, cerca de 3 vezes seu próprio peso é jogado sobre suas articulações, por isso se você não tiver um fortalecimento adequado dessas musculaturas a chance de lesão é enorme. Antes de começar, é interessante conversar com um educador físico.Algumas dicas no seu treinamento de musculação:
Use instabilidade: O trabalho de propriocepção é fundamental para prevenir pequenos lesões, que podem e vão prejudicar e muito seus treinos.
Força: Graças aos impactos repetidos é necessário um trabalho de fortalecimento para prevenir lesões musculares e ligamentos.
Core: O impacto da corrida mesmo par atletas profissionais e com excelente movimento de passada, acaba por sobrecarregar a lombar, por isso um treinamento abdominal completo é importante para prevenir qualquer problema.
Movimento: É necessário desenvolver um movimento de corrida adequado, para isso existem milhares de exercícios corretivos que um educador físico poderá recomendar ao analisar sua corrida. É importante não subestimar o que um simples movimento incorreto, repetido milhares de vezes pode fazer à sua saúde. Costumo dizer que se o Usain Bolt (campeão olímpico) faz educativos todos os dias, eu também tenho que fazer.


AERÓBIOAgora pronto para sair correndo, rumo às provas de corrida, você vai se preparar parar correr, mas como fazer isso de maneira adequada e eficiente?
É necessário utilizar um método de prescrição de treinamento. Obviamente você deve procurar um educador físico para montar uma planilha de corrida, mas para você que quer começar ainda essa semana, vão algumas dicas:

Comece devagar e sempre: Comece com treinamentos longos e lentos, e gradativamente aumente o tempo de treinamento, comece com 20min e progrida até 50min.

Intercale os dias: Para quem não sonha em ser atleta de corrida, não há necessidade de correr todos os dias. Procure alternar, correndo um dia sim um dia não.

Força aos intervalados: Depois de um período de adaptação, os treinamentos intervalados vão fazer parte constante dos seus treinamentos. É importante lembrar que eles são fundamentais para aumentar seu desempenho e queimam tanto quanto(ou até mais) calorias que um treinamento contínuo e lento.

Varie os terrenos: É importante variar os terrenos para ter um desenvolvimento de todas pequenas musculaturas do tornozelo, principalmente se você pretende fazer corridas de rua. Ao correr na esteira uma inclinação de 1% é importante para fortalecimento do tibial, que vai mimificar uma corrida de rua. 

Não se esqueça de se hidratar e de se alimentar .

Apesar de simples, é comum na busca por emagrecimento consumir menos líquido e se alimentar com poucas calorias, isso vai prejudicar seu desempenho e consequentemente o processo de emagrecimento. Seguindo essas dicas, acredito que todos estão a caminho de uma pratica saudável da corrida, e rumo a atingir seus objetivos!


Nenhum comentário:

Postar um comentário