segunda-feira, 6 de maio de 2013

Barra Fixa é Melhor que Pulley Frente?

Aposto que você já ouviu alguém falando que realizar a barra fixa é melhor que o pulley frente, para hipertrofia, emagrecimento, força, etc., correto? Vamos entender então a diferença entre os 2 exercícios e como você deveria estar empregando os 2 em seu treino.

Músculos Vs. Sistema Nervoso Central
Apesar do movimento ser muito parecido e ativar os mesmos grupamentos musculares, ambos movimentos tem padrões diferentes para seu sistema nervoso central,  pois a puxada é um movimento de cadeia cinética aberta(onde os membros estão soltos) e a barra fixa de cadeia cinética fechada(onde os membros estão fixos).

Força Vs. Objetivo
A barra fixa é um exercício com peso corporal, onde só conseguimos aliviar o peso com máquinas específicas(gravitron) ou elásticos(um pouco complicado), ou acrescentar peso com cintos(amarrados a cintura) ou caneleiras.
Mas nem por isso ela deixa de ser utilizada, devendo ocorrer um trabalho para que seja possível passar a utilizar a barra fixa, ou ainda realizar uma pré-exaustão na puxada para então realizar o movimento na barra fixa.

Técnica Vs. Força
É muito comum alunos levantarem mais que seu peso corporal na puxada e não conseguirem realizar uma barra fixa efetiva, isso ocorre pela mudança no padrão de execução, é necessário todo um treinamento neural para realizar o movimento, não falta força e sim técnica.

Em resumo, é importante utilizar os 2 tipos de padrões em seu treinamento, tanto a barra fixa quanto a puxada tem sua valia e é injusto dizer que um estimule mais a musculatura das costas que o outro, pois mesmo que ocorra diferença em eletromiografias(estudos da ativação elétrica) é importante levar em consideração todos os outros fatores que englobam os movimentos e possíveis benefícios de diferentes tipos de execuções.

Abraços e Bons Treinos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário