quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Lições de outros esportes

Sempre admirei os esportes de maneira geral, principalmente os mais extremos e competitivos. Dessa forma irei procurar aprender hoje ver algumas lições que podemos tirar de outros esportes e aplicar para o nosso cotidiano afim de melhorar o nosso treinamento.



1 - Concentração - Tiro
É necessário concentração em todo treinamento. Treinar falando no celular, jogando jogo, etc. simplesmente não da certo. No tiro além de controlar precisamente a musculatura, ocorre uma sintonia com a respiração, contração do tronco para estabilizar a arma, ação precisa to corpo todo para fazer o movimento, enfim tudo que você deveria estar fazendo no seu treinamento de musculação.

2 - Técnica - Levantamento Olímpico
O levantamento olímpico, composto de arranco e arremesso, são exercícios que você pode até incluir na sua rotina, mas experimente e verá que você não conseguirá realizar o movimento com mais que 10-20kgs de cada lado, e ainda executando o movimento "não perfeitamente". Isso ocorre pois esse é um esporte extremamente técnico, onde a prática do movimento leva a perfeição. O atleta passa todos os anos de sua carreira não só tentando ficar mais forte, mas fazendo o movimento de forma a torná-lo mais eficiente e preciso. Por isso pare de achar que é o "rei do supino" e comece a observar se está realizar o movimento perfeitamente, e sempre tente se corrigir em algum ponto, pois a perfeição simplesmente não existe.

3 - Limite - Atletismo
O atletismo é um esporte fantástico, que envolve muitas provas, mas o mais importante, vemos records sendo quebrados ano após ano, mostrando que é sempre possível melhorar em algum aspecto. Pare de achar que você atingiu seu limite máximo e por isso não adianta mais treinar pesado, se focar na alimentação, descanso, etc. Na verdade são essas opções de desistência que fazem com que você fique estagnado.

4 - Competitividade - Lutas
Em uma luta dois oponentes podem ser amigos fora do ringue, mas na luta ambos lutam com todas as suas forças. Essa motivação de ter alguém com quem competir impulsiona o atleta a ser melhor se superar. Por isso procure encontrar alguém com os mesmos objetivos que o seu para treinar junto, além de aumentar a competitividade vai aumentar a segurança, tendo alguém para olhar e lhe ajudar nos exercícios.

5 - Overtraining - CrossFit
Overtraining é um assunto que sempre me interessou. De maneira geral não é difícil imaginar que exista um limite para o que seu corpo consegue fazer, é igual um graveto, ele entorna até um certo tanto, a partir daquele ponto ele racha. Alguns conceitos que esse ponto é diferente para cada um, que depende dos fatores de recuperação, e que varia de acordo com o tipo de estimulo são muito bem aceitos pela literatura. Mas e se você fizer tudo de mais intenso e em um volume absurdo, você vai entrar em overtrainging correto? Pode ser que não. Esse é um caso de discussão, mas é importante tirarmos o conceito de que se fizermos 1 exercício a mais ou 1 série a mais estaremos entrando em overtraining, ou se jogarmos um futebol no fim de semana estaremos estragando o treinamento de musculação da semana. Seu corpo foi feito para se movimentar e se recuperar.

Lembre-se é importante observarmos nossos comportamentos afim de sempre melhorarmos em nossos pontos fracos, saindo da nossa zona de conforto, para que possamos continuar sempre a progredir.

Abraços e Bons Treinos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário