sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

O paradigma das repetições

As repetições prescritas em cada treinamento tem um propósito único, e podemos dizer que são um dos parâmetros mais fundamentais para gerar o tipo de adaptação física que você deseja. Mas aposto que você já se perguntou o porquê 10-12 repetições, ou ainda já parou uma série em 12 sendo que conseguia 15-17 repetições. Vamos entender então o porquê das faixas de repetições e o que levou a conclusão que essas faixas são ideais para cada tipo de objetivo.

É importante ressaltar antes que realizar de 1-100(ou 1000, ou 10000) repetições em qualquer exercício irá gerar ALGUM grau de hipertrofia, mas o grau de hipertrofia vai sim depender da faixa de repetições que você escolheu. Apenas para exemplificar: realizar séries de 10 repetições irá gerar mais hipertrofia que séries de 50, mas séries de 50 repetições irão gerar mais resistência muscular que séries de 10.

Alguns dos parâmetros levados em consideração para a elaboração dessas faixas de repetições são:

-Tempo sobre tensão
Se você utilizar uma carga muito pesada, vai deixar a musculatura muito pouco tempo sobre tensão.

-Carga
Se a carga é muito leve, ela não irá gerar tantas microlesões, que fazem parte do processo inflamatório que irá gerar o aumento da musculatura.

-Liberação hormonal
Cargas muito elevadas, tendem a gerar uma maior liberação de testosterona, já cargas mais baixas(com um estimulo mais metabólico) liberar mais Gh.

Então você deve estar pensando, que seu objetivo é hipertrofia, fazer 6 repetições é inútil ou se você quer emagrecer séries de 20 são melhores? Errado. O que acontece é que quando você busca hipertrofia e faz séries baixas você está procurando aumentar sua força, aumentar a liberação hormonal, etc. Ao mesmo tem que quando realiza séries com mais carga e menos repetições no treinamento para emagrecimento, você está procurando gastar mais energia, ajudar a manter a massa magra, etc.

Por isso é importante levar em considerações sim as faixas de repetições, mas sempre em mente que não é algo escrito em pedra e principalmente cada série deve ser levada até um nível de fadiga, ou seja, nada adianta fazer séries de 10 sendo que você aguentava fazer 15, ou seja, procure trabalhar sempre com a carga máxima para o número de repetições programada.

Abraços e bons Treinos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário