terça-feira, 15 de abril de 2014

Invertendo todo seu treino

Eventualmente algumas partes corporais acabam sendo menos estimuladas, principalmente se você deixa elas para treinar somente no final de seu treinamento, esse é um caso muito ccom "musculos pequenos", como panturrilha, bíceps, ante-braço.



Uma forma muito interessante de estimular melhor essas musculaturas é inverter a ordem do seu treinamento, começando pelos músculos menores. Com certeza parece não ser muito lógico, mas a verdade é que essas musculaturas nem sempre acabam recebendo o estimulo devido já que você já estar fadigado ao começar a treinar elas. Caso você treine sempre musculaturas sinergistas, como peitoral-tríceps e costas-bíceps, essa é uma excelente técnica para ser usada ocasionalmente.

Mas é preciso tomar alguns cuidados, primeiramente é bom saber que a carga em muitos movimentos irá diminuir, é impossível você realizar um treinamento de tríceps forte e depois acreditar que levantará a mesma carga no supino que se estivesse descansado. Mas é aí que devemos deixar o ego de lado, e pensar no estímulo e não somente na carga.

Uma dica excelente é que ao realizar esse tipo de treinamento, procure privilegiar os movimentos isolados na segunda parte do treinamento, dessa forma você evita riscos de lesão. Por exemplo, se você treinou bíceps antes de costas, e você vai realizar 4 movimentos para costas, procure realizar ao menos 2 movimentos isolados para costas, como crucifixo inverso e pulldown.

Para que você consiga utilizar essa técnica no seu treinamento de maneira eficiente vale lembrar que é necessário cuidado com o volume total de exercícios, ou seja, não é por quê você está começando com uma "musculatura menor" que vai fazer mais movimentos para ela, e manter o mesmo número de movimentos para o outro grupamento. Procure manter aproximadamente o mesmo volume total, afinal apenas a inversão da sequência já será um estimulo novo para você se adaptar.

Abraços e bons Treinos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário