sexta-feira, 20 de junho de 2014

Trocando a ordem dos exercícios

Você que treina faz tempo sabe que eventualmente é impossível revesar os aparelhos na academia. Seja porquê utiliza pesos muitos diferentes, ajustes diferentes ou a pessoa simplesmente não quer revesar. Então você decide ir para o próximo exercício do seu treinamento, mas isso é possível? Ou a ordem é irreversível? Vamos entender melhor como funciona e quando você pode alterar essa ordem.

Você não pode alterar:

-Colocar um isolador antes de um multi-articular(exceto se objetivando pré-exaustão)
Se está planejado que você vai fazer agachamento com 100kg e depois cadeira extensora com 50kgs, se você simplesmente resolver trocar a ordem, vai acabar utilizando uma carga muito fraca para a extensora e não conseguirá realizar o número de repetições prescritas para o agachamento.

-Se você tem dificuldade naquele movimento/musculatura
Se você tem dificuldade em desenvolver uma remada, que é seu 1 movimento, e pula para os de biceps e depois quer retornar para a remada, acabará não conseguindo executar o movimento adequadamente além de "sentir" muito mais a musculatura do bíceps e menos a das costas.

-Se você treina mais de 1 músculo por treinamento
Se você treinar peitoral e tríceps, a ordem dos exercícios prevê que você vai dar todo estímulo para uma musculatura, para acumular o maior desgaste possível nela antes de partir para o próximo músculo.

Você pode alterar:

-Se um exercício não influência em outro
Vamos supor que você faz 1 exercício por músculo, de maneira geral, é possível inverter a ordem sem afetar a qualidade de nenhum movimento. Ex: Supino, Remada, Leg press.

-Se a influência é mínima e não irá te prejudicar
Essa é uma questão mais complexa, mas se 2 exercícios tem o mesmo objetivo, teoricamente você poderia inverter a ordem(desde que alterando as cargas adequadamente). Por exemplo: elevação lateral e frontal, tríceps corda e pulley, panturrilha sentado e panturrilha em pé.

-Se é um exercício não relacionado a musculatura principal
É comum colocar um exercício de abdominal, panturrilha ou abdômen no final dos treinamentos, essas musculaturas podem eventualmente ser feitar antes visto que não irão prejudicar diretamente a execução dos movimentos principais. NOTA: cuidado com a execução até a fadiga de movimentos abdominais e lombares antes do treinamento de pernas pois pode levar a exaustão e deixar você mais propicio a lesões.


Seguindo essas dicas você já consegue imaginar uma maneira mais eficiente de gastar seu tempo na academia sem prejudicar seus resultados.

Abraços e Bons Treinos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário