segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Alimentação: perigos escondidos

Quando você está comprometido com um objetivo idealmente sua nutrição está adequada para esse objetivo, você vai no nutricionista recebe um cardápio e após um período seguindo a risca os alimentos e quantidades você percebe que não está vendo resultados, a princípio você culpa desde seus pais (genética) até seus hormônios. Mas esse post é justamente para alertá-los que vocês provavelmente devem culpar a si mesmos.

Sabemos que existem mil motivos para que você possa não estar ganhando massa muscular ou perdendo gordura (apenas lembrando que são processos inversos), por isso nos exemplos vou sempre ressaltar a perda de gordura e o inverso se aplica ao ganho de massa muscular.

1 - Preparo do alimento
Você sabe quantas kcal tem 1 colher de óleo (azeite, canola, girassol, etc.)? 90kcal, por isso se consumir 3 colher a mais ao dia do que o recomendando você acabará consumindo quase 2mil kcal a mais semanalmente, em 1 mês isso equivale a mais de 1kg de gordura. Justamente por esse movivo que o preparo dos alimentos é importante e vai contar muito sobre a quantidade energética da sua comida. Comer fora todos os dias é um grande desafio, pois para melhorar e aumentar o sabor dos alimentos os restaurantes aumentam a quantidade de temperos e de gordura nos alimentos.

2 - Kcal escondidas
Você consome precisamente os alimentos prescritos na dieta. Mas toma com todas as refeições um refrigerante ao invés de água e esquece de computar essas kcal na dieta, ou toma café com açúcar e leite o dia todo, ou um chocolate depois das refeições. O grande problema de organizar nossa alimentação são os hábitos alimentares, que executamos muitas vezes sem nem ao menos percebemos, como por exemplo comer sobremesa sendo que já estamos cheios.

3 - Fim de semana
É natural desenvolvermos mais atividades sociais no fim de semana, e com certeza você faz modificações no seu cardápio, ocorre que muitas vezes não sabemos fazer essas substituições. Você troca uma refeição por cachorro-quente e cerveja, é preciso pensar que precisamos fazer as melhores escolhas para não comprometer todo esforço na academia e na alimentação durante a semana.

Por isso é importante refletir um pouco antes de largar seu nutricionista e correr pro endocrinologista achando que está com algum tipo de problema mais grave.
Abraços e Bons Treinos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário