domingo, 21 de dezembro de 2014

É necessário ser extremista com alimentação?

Recentemente muitas pessoas tem me perguntado a respeito do extremo em relação ao treinamento e a dieta, se é necessário nunca comer fora da dieta, treinar 6-7x por semana, suplementar sempre, etc. Não é necessário que se leve tudo a ferro e fogo, mas vale lembrar que não se pode utilizar isso como desculpa para fazer tudo meia-boca.

Para quem nunca comeu "corretamente"(colocando entre aspas pois até mesmo entre os nutricionistas esse conceito se diferencia), com certeza fazer escolhas saudáveis, comer com frequência pode parecer um sacrifício já. Mas a verdade é que quando você se compara com o que alguns atletas de fisiculturismo fazem (normalmente os atletas no qual o público de academia se inspira) vai perceber que isso tudo vai muito além do comer de 3 em 3 hrs.

 Existe até uma "lenda" que Jay Cutler(atleta ao lado) chegou a acordar no meio da noite durante algum período para não ficar tantas horas sem comer. Além de obviamente esses atletas terem que comer tanto que chega a ser difícil segundos alguns atletas de consumir toda comida necessária.
Com consumos de 5-7mil kcal diárias, e quantidades de proteínas enormes em todas as refeições, além de grande dedicação aos horários e suplementação.
Utilização de diversos suplementos e vitaminas em busca de ganhar qualquer vantagem mesmo que seja pequena.

Não estou afirmando que você deve seguir esse exemplo, mas para nós meros mortais com objetivos normalmente estéticos é necessário esse tipo de abordagem?

A ideia é expor que a ideia de comer 100% do tempo "saudavelmente" talvez seja para poucos. Por muitos anos eu fui extremista e não comia absolutamente nada fora da minha dieta, e isso incluía feriados, festas, etc. Com certeza essa era uma decisão que impactava no meu físico, eu mantinha um percentual de gordura extremamente baixo o ano todo. Com o passar do tempo você percebe que pequenas mudanças, como comer eventualmente fora da dieta, tem um baixo impacto no seu físico, e lhe ajuda a manter uma vida mais normal.

Existem muitas pessoas que realizam o "dia do lixo", uma prática onde 1x por semana durante o dia todo a pessoa come o que quiser. Acredito que essa prática seja ruim e leva a exageros e complexos compulsivos na alimentação, onde seria mais proveitoso ter essas pequenas recompensas espalhadas pela semana ou melhor alinhadas por um nutricionista.

Por tanto lembre-se que não é necessário viver a base de frango e batata doce, mas sim uma alimentação balanceada e que leve em considerações seus gostos e suas necessidades fisiológicas não somente de carboidratos e proteínas, mas gorduras e micronutrientes também, fazendo com que você leve uma vida mais saudável e alcance também seus objetivos.

Abraços e Bons Treinos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário