segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Perder peso e a mídia

Vamos conservar um pouco sobre a perda de peso/perda de gordura corporal, como a mídia influência essa sua percepção e o que você realmente tem que entender.

A começar vamos falar a respeito sobre o emagrecer, a verdade é que se você está lendo esse texto, provavelmente é a sua primeira vez emagrecendo. Digo isso pois emagrecer é igual andar de bicicleta, você nunca esquece, ou ao menos quando você encontra um jeito correto e saudável de emagrecer.

Dito isso, vamos compreender que somos inundados de informações sobre emagrecer e como um ex-gordo, posso lhe afirmar que quem é magro não entende. Todas as revistas tentam lhe vender que o modelo ficou daquele jeito em apenas 30 dias, fazendo sei lá que dieta, que exercício, e é inevitável que você ao menos tente.

Por outro lado temos alguns outro exemplos, como por exemplo reallity shows sobre emagrecimento, que mostram os participantes chorando, se exercitando por horas, comendo salada, e tudo isso para ficar mais leve a velocidades impressionantes.

Vamos entender melhor cada um dos cenários e o que tem de errado em cada um deles.

As revistas te vendem um processo muito fácil e mágico, que simplesmente não funciona daquela forma. Você não perde gordura, aquela gordura é transformada em energia gasta e você acaba por ficar mais leve. Ou seja, não existe forma de perder quantidade absurdas de gordura em 1 dia, pois imagine que você tem que perder 1kg de gordura, são 7mil kcal, um homem em média gasta 900kcal por hora correndo, ou seja é só correr entre 6-7hrs que você vai perder 1kg!

Por isso que essas dietas fantasiosas de kgs na verdade trabalham com uma perda de líquido e glicogênio muscular, para te deixar mais leve rapidamente, mas de gordura mesmo você perdeu muito pouco, e com pouco tempo depois de alimentação normal o peso retorna.

Esse problema é agravado pois a mudança é muito radical e súbita, fazendo com que seja insustentável.

Os programas de Tv e muitas vezes videos no youtube, mostram um treinamento extremamente árduo, algo como um esforço sobre-humano, e você assistindo pensa que é impossível para você alcançar e simplesmente desiste antes de começar.

Embora seja verdade que vai ser necessário esforço e determinação, não é nada próximo do que é apresentado aos expectadores. A sua determinação vai depender principalmente em relação a sua frequência de treinamento e empenho em permanecer na dieta, o que vai envolver planejamento.

Se fizermos o mesmo calculo anterior e imaginarmos que você passa a gastar 500kcal a mais por dia, é algo próximo a 35min de corrida, você em 2 semanas vai ter perdido 1kg de gordura corporal, o que no seu visual vai fazer uma diferença enorme e na balança deve dar algo próximo a 2kgs.

Mas da mesma forma se comer 2 fatias de bolo recheado já equalizou essas 500kcal. Por isso o empenho na frequência e na alimentação é uma batalha 24hrs. Mas que não é tão difícil após um período de aclimatização. 

Em resumo a estratégia de perda de peso lenta e duradoura é infinitamente superior a uma perda rápida, principalmente pois irá resultar em mudanças que vão melhorar sua saúde e principalmente não te fazer engordar novamente.

Abraços e Bons Treinos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário