Postagens

Mostrando postagens de Março, 2015

Frequencia cardíaca e o treinamento de musculação

Se você está começando a treinar agora ou a pouco tempo, já deve perceber que mesmo após os exercícios resistidos sua freqüência cardíaca sobe rapidamente, principalmente em movimentos que envolvem grandes grupamentos (em especial pernas). Isso leva muitas pessoas a pensar que o treinamento resistido poderia ser prescrito por freqüência cardíaca ou que ainda isso pode ser algum tipo de variável no treinamento. Primeiramente é importante falar que ao realizar movimentos de musculação, devido a contração musculação, é dificultada a “passagem” do sangue na musculatura alvo, fazendo com que sua pressão arterial aumente. Isso é importante, pois exercícios realizados incorretamente ou com cargas abusivas podem levar a uma elevação muito grande, isso tudo pode ser “normal” mas caso o indivíduo sofra de algum tipo de doença como hipertensão ou problemas cardíacos poderia ser um passo para um problema mais grave. Além do aumento da pressão ocorre um aumento da freqüência cardíaca e respiratór…

Problemas no ombro?

Imagem
Um dos claros problemas com as pessoas que treinam por conta própria está relacionado com dores nos ombros, isso é causado por uma séries de coisas muito simples, e vamos ver como você pode começar a arrumar isso ainda hoje!

-Excesso de movimento
O principal motivo normalmente advem da utilização de muitos movimentos que envolvam os ombros, principalmente com a utilização de divisões de treinamentos que solicitem essa articulação com frequência.
Como regra de ouro é importante que você tenha ao menos 1 dia de intervalo entre movimentos que trabalhem os ombros durante a semana, por tanto treinar membros superiores todos os dias é o caminho certo para lesões.

-Compensação de movimentos
Normalmente utilizamos os ombros em excesso para empurrar no dia-a-dia, e isso acaba se exacerbando quando pensamos que as pessoas gostam mais de treinar peito que costas, e tem pessoas que ainda treinam ombros no dia de perna. Mas ocorre que se pensarmos nos seus ombros como uma articulação altamente ins…

Coisas que eu sempre faço no MEU treinamento

Eu raramente escrevo sobre mim, mas ao observar que as pessoas estavam interessadas em saber o como eu costumo treinar vou escrever um pouco sobre o que faço comigo mesmo, para isso vou separar em tópicos o que eu acho que é o mais produtivo e que não pode faltar no meu treinamento. -Movimentos pesados Sempre, sempre, sempre tenho um movimento no início do meu treinamento que é pesado, ou seja, onde o foco é o movimento de uma grande carga. Isso pode variar muito, por exemplo em um treinamento onde todo treinamento é composto por séries de 8 repetições não preciso modificar isso, mas se o treinamento tem séries de 15 repetições, normalmente o primeiro exercício vai ser entre 5-8. O principal motivo por trás disso é que eu reajo bem a séries com baixas repetições, e que eu gosto de desenvolver força máxima e relativa. -Técnicas de intensidade Independentemente do meu objetivo acabo sempre por incluir algum tipo de objetivo, uma técnica de intensidade sempre se encaixa, por exemplo ao …

Vascularização: Como obter?

Imagem
Se você já quis ter um braço cheio de veias aparentes, pode já ter ouvido falar que isso fruto do consumo de suplementos, técnicas de treinamento ou de pós mágicos, mas será possível obter essa aparência mais vascularizada?

Suplementação
É importante falar que o uso de suplementos pode aumentar o "pump" e a vasodilatação, teoricamente esses vasos dilatadores tem realmente arginina que poderia estimular a produção de óxido nítrico, que é um potente vaso dilatador. Mas apesar de a arginina realmente estimular a produção de óxido nítrico, o consumo de arginina não necessariamente aumenta a produção, pois temos que entender que ela passa pelo processo de digestão e como qualquer amino ácido ela pode desempenhar outras funções e não temos como identificar o que ela está realmente fazendo.
Alguns produtos estimulantes pré-treinos contém cafeína, que na verdade é um vasoconstritor, por tanto teoricamente também iria contra a questão da vaso dilatação.
Em resumo a vasodilatação deco…

Freqüência: A chave do sucesso

Se eu pudesse te falar que o treinamento de musculação possuí uma chave para o resultado garantido eu diria que é a freqüência. Mas não estou falando da freqüência com que você treina cada musculatura, mas sim da freqüência com que você treina! Pode parecer meio absurdo, mas quando treinamos alguns fenômenos ocorrem, como por exemplo um aumento da sensibilidade a insulina, aumento do consumo de oxigênio pós exercício e aumento da sinsete proteíca que permanecem elevadas por cerca de 24-48hrs pós o exercício. Por isso por mais intenso que você treina é difícil desvincular a sua freqüência de treinamento dos seus resultados. Outros fatores importantes estão relacionados aos fenômenos que ocorrem durante o treinamento como por exemplo a captação de glicose circulante no sangue por uma via não dependente da insulina e dos estímulos endócrinos como liberação de cortisol/testosterona, entre outros fatores. Existem basicamente algumas vertentes que podemos apoiar a prescrição de qualquer tr…