quarta-feira, 24 de junho de 2015

Começando na musculação


Muito provavelmente você que está lendo esse texto, já treina ou já treinou musculação algum dia. Mas essa é a mensagem que eu gostaria de dar para alguém que nunca treinou e vai começar hoje, mas ela também serve para quem já treina a algum tempo.
-Aprenda
Quando pensamos em educação física, as pessoas se prendem muito a parte “física” e menos a parte “educação” na musculação. Acontece que você tem que aprender absolutamente tudo sobre essa nova área, e não existe um modo simples e rápido.
Pense na musculação como uma arte marcial, você começa na faixa branca e cada aprendizado é um novo degrau.
-Na mente primeiro
As pessoas tendem a ver um movimento sendo executado por outra pessoa e falar: “isso é fácil consigo fazer igual”, mas o movimento sai totalmente diferente. É necessário que ocorra um aprendizado motor, um método simples para aprender a realizar qualquer exercício é se imaginar fazendo o movimento, prestando atenção em como cada parte do seu corpo deveria estar posicionada e agindo, para só então passar a prática na máquina ou com a barra, mas sem sobrecarga extra.
-Melhor VS Mais
Sempre que pensar em qualquer exercício, pense em executar ele melhor e não mais, isso vale para tudo: repetições, séries, exercícios etc. A ideia principal é que se você irá executar 3 séries de qualquer exercício, tente fazer essas séries com uma execução perfeita, no mais próximo possível do seu limite, sem roubar ou perder qualidade na sua execução, e pense aumentar sempre essa qualidade antes de querer fazer 4,5,6,7 séries.
-Carga
De início temos uma tendência a aumentar rapidamente as cargas, principalmente pois ficamos mais eficientes nele. Mas caímos em 2 problemas: o primeiro é que essa evolução de força tende a diminuir drasticamente, e se você mantiver a expectativa de aumentar sempre as cargas vai acabar por se frustar e principalmente se expor a riscos que é o 2 problema.
Ocorre que as musculaturas são muito vascularizadas(muitas vasos) que levam oxigênio e nutrientes para elas, justamente por isso elas tem uma recuperação “rápida”, ocorre que os tendões e ligamentos são pouco vascularizados, ou seja, tem uma recuperação mais lenta, por isso é necessário que seu treinamento seja sempre progressivo para evitar qualquer tipo de lesão nessas estruturas.
-Avançar
Naturalmente você irá avançar no seu treinamento, e não adianta querer pegar “atalhos”. Vejo muitos alunos começam hoje na academia, e querem treinamentos avançados, suplementação variada (isso quando não procuram outros recursos) e no final das contas acabam por prejudicar a saúde e o bolso.
Não adianta querer realizar treinamentos muito pesados, pois seu organismo não está preparado para o estresse, e nem suplementar, pois sua alimentação já deveria suprir todas as suas necessidades.
Quando você treina além das suas capacidades, está destruindo mais tecido muscular do que irá recuperar durante o descanso, e se você consome muito mais do que gasta, vai acabar estocando em forma de gordura.
Justamente por isso tente começar devagar e seguindo orientações de profissionais dessa forma você não comete esses pequenos erros e vai garantir uma evolução constante.


Abraços e Bons Treinos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário