terça-feira, 30 de junho de 2015

Organização da sua corrida

Desde a década de 80,  a corrida é vista como uma atividade saudável e que vai lhe ajudar a controlar seu peso corporal. O popular cooper (corrida de baixa intensidade e longa duração) tem e sempre teve seu lugar ao sol, mas recentemente o Hiit (exercício aeróbio/anaeróbio de alta intensidade intervalado), vem ganhando popularidade e como sempre existe uma polarização, onde algumas pessoas são totalmente a favor de uma e contra a outra e vice-versa. Vamos entender então um pouco melhor essa questão.

O principio do exercício aeróbio constante é que o exercício realizado em baixa intensidade é mais seguro para seu sistema cardiorrespiratório (verdade) e que estando em uma determinada zona de intensidade você queimaria mais gordura durante o exercício (verdade), ocorre que apesar de você queimar mais gordura durante o exercício o gasto energético total é menor em relação ao exercício HIIT.

Um ponto fundamental para o apoio da prescrição de exercício de baixa intensidade é que a maioria esmagadora das pesquisas cientificas foi (e ainda é) realizada usando exercício de baixa intensidade, com isso fornecendo muitas evidências cientificas para os benefícios do exercício aeróbio constante nas mais diversas doenças e para as pessoas saudáveis.

Por outro lado nos ultimos anos está ocorrendo uma crescente na pesquisa com exercícios intervalados, principalmente no campo do emagrecimento. O principal motivo é que o exercício intervalado possue um efeito emagrecedor maior, isso devido ao EPOC.

O EPOC é o consumo de oxigênio pós treino, literalmente seu metabolismo fica mais acelerado pós o treinamento fazendo com que em repouso você gaste mais kcal do que gastaria se não tivesse treinado(verdade).

A magnitude desse efeito é diretamente proporcional a intensidade do exercício realizado, por isso "protocolos" de exercícios extremamente intensos e curtos tendem a ter bons resultados. Apesar de literalmente não "serem para qualquer um", sendo necessário um preparo físico prévio, para evitar lesões.

Acredito que seja importante ressaltar novamente esse ponto, pois apesar de me referir a lesões, qualquer tipo de excesso em relação a exercícios pode vir a ser letal. Existem alguns casos que chegam as grandes mídias onde pessoas acabam por ter infartos durante os exercícios e tudo isso é fruto de um não acompanhamento da saúde do aluno (que necessita fazer um check up no médico) e da prescrição ideal do exercício, principalmente se o aluno tiver algum tipo de patologia (como hipertensão ou diabetes) e exercícios realizados de forma incorreta podem vir a ser letais.

Mas então o que é melhor Contínuo ou HIIT?

Acho que é importante entender que AMBOS tem um papel, então de forma geral:
-Se você nunca treinou ou nunca realizou corridas, comece pelo contínuo ou com intervalados de BAIXA intensidade, algo como um trote e uma caminhada.

-Mesmo que o HIIT seja mais eficiente, lembre-se que isso significa que você não precisa realizar o mesmo volume do aeróbio, ou seja, não é necessário fazer HIIT todos os dias e nem fazer 1hora de corrida sempre que treinar.

-Se você já tem experiência e pretende melhorar seu rendimento para realizar alguma prova, o ideal é mesclar ambos os estimulos, afim de propiciar um treinamento mais completo e eficiente.

-Para quem quer emagrecer, o HIIT vai ser mais eficiente, mas principalmente lembre-se que vai ser necessário focar na alimentação, já que compensar uma má alimentação com treinamento é impossível.

-Se possível procure começar seus treinamentos sempre utilizando sua frequência cardíaca como parâmetro e realize exercícios educativos de corrida para melhorar a qualidade do movimento e evitar lesões.

Abraços e Bons Treinos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário