sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Treinos específicos usando movimentos parciais

Já falamos em alguns posts sobre como você pode priorizar uma musculatura em relação a outra, principalmente quando falamos de corrigir algum tipo de problema postural ou estético.
Mas é possível realizar essa tarefa usando movimentos parciais, e vamos entender  melhor como isso funciona e quando seria benéfico usar essa abordagem.

Esse tipo de abordagem tem origem em treinamento específicos para algum tipo de movimento, por exemplo, se você quer melhorar sua força no supino é mais específico fazer supino do que fazer um cross over.
Da mesma forma se você quer melhorar sua força no final do movimento do supino (onde o maior envolvimento é do tríceps), você vai desenvolver mais força específica fazendo um supino fechado do que um tríceps francês.
Seguindo nessa linha de raciocínio se o seu problema é a parte final do supino, porquê não treinar somente ela?
Obvio que não estamos falando para você largar todo seu treinamento para fazer somente um exercício, ou substituir todos os seus supino por um supino com amplitude reduzida, mas essa pode ser uma importante ferramenta para superar uma dificuldade.
Normalmente temos um elo fraco em todo movimento que nos impede de realizar uma progressão de carga no movimento, identificar essa dificuldade e trabalhar nela vai impulsionar um ganho de força que vai se transferir para mais ganho de massa muscular.
Outra forma de abordar isso seria trabalhar em alguns movimentos com amplitude reduzida afim de enfatizar uma determinada musculatura, no exemplo anterior poderia ser feito para reduzir o estimulo no peitoral e aumentar o estimulo no tríceps.
Realizar movimentos com a amplitude reduzida porém tem um problema que é a redução de força no resto do movimento, ou seja, você pode acabar aumentando a sua força no final do movimento, mas reduz a força na saída da barra do peitoral, por isso que é importante não substituir totalmente seus movimentos, sempre mantendo a maior parte dos movimentos do treinamento focando no máximo de amplitude possível.
Então vamos ver como você poderia realizar um treinamento para focar no tríceps:
-Supino reto normal
-Supino reto somente metade do movimento
-Supino inclinado
-Desenvolvimento
-Desenvolvimento somente metade do movimento
-Paralelas
-Paralelas somente metade do movimento

Podemos observar que não usamos movimentos isolados, afinal já estamos aumentando e muito o estimulo no tríceps, mas em contrapartida aumentamos o estresse nessa musculatura com movimentos parciais e acabamos estimulando uma boa resposta hormonal pois estamos fazendo movimentos multi-articulares e com uma grande carga.

Abraços e Bons Treinos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário