domingo, 31 de janeiro de 2016

Um exercício substituí outro?

Sabe quando você chega na academia com seu treinamento montado mas parece que todo mundo está usando os equipamentos que você quer usar? Vale a pena trocar os exercícios? Existe algum prejuízo em fazer substituições?

É importante entender que seu treinamento não funciona por causa de um ou outro exercício mas sim como um topo, ele tem o objetivo de estimular as musculaturas de uma certa forma, volume e intensidade.

Substituição pela musculatura
Esse é um erro comum, substituir um leg press por um cad. extensora ou um supino por um crucifixo apesar de trabalhar "a mesma musculatura" realiza um movimento diferente, ou seja, estimula de maneira menos global seu corpo, por tanto não teremos um resultado satisfatório com essa substituição.

Substituição pelo movimento
Apesar de estar mais correta que a anterior, onde substituiríamos um agachamento por leg press, ou um supino reto por uma flexão, podemos ocorrer em 2 erros clássicos a mudança de equipamento muda um pouco as musculaturas ativadas e a falta de intensidade devido a mudança, pois temos que acertar a carga e o novo padrão de movimento.

Substituição pelo mesmo exercício
Suponhamos que você ia fazer um supino reto e vai fazer um supino na máquina, ou seja, o mesmo exercício, por tanto é exatamente a mesma coisa? Não. Quando mudamos de equipamento acabamos mudando o tipo de estimulo que estamos dando na musculatura, no exemplo o supino reto vai trabalhar mais a estabilização articular, enquanto o supino na máquina vai proporcionar uma tensão mais constante.

Mas porquê isso é realmente importante?
Se o seu treinamento acabar por negligenciar alguma musculatura (como na opção 1) ou acabar mudando o estimulo para uma determinada musculatura, você pode acabar não obtendo os resultados que espera. Lembre-se seu treinamento é uma composição de diversos detalhes, não vai ser 1 exercício que vai estragar o seu treinamento, mas mudar seu planejamento em um frankstein vai sim alterar seus resultados.

Abraços!

Nenhum comentário:

Postar um comentário