quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

5 motivos porquê você não cresce ou perde gordura

Vamos falar hoje sobre os top 5 motivos que estão impedindo seu progresso na academia, vale dizer que isso pode ser aplicado de maneira geral e somente uma ou mais dessas causas pode estar impedindo você de ter os resultados que quer.

As principais razões são:

-Falta de comprometimento com a dieta
-Mudança muito constante de treinamento
-Excessos no treinamento resistido
-Excessos no treinamento aeróbio
-Falta de comprometimento com o treino


-Falta de comprometimento com a dieta
Esse é o item mais claro e que necessita de menos explicação. É impossível superar uma dieta ruim com treinamento. Isso é extremamente claro tanto para quem quer emagrecer quanto para quem quer ganhar massa muscular.
Você não consegue gastar as calorias ingeridas em excesso no treinamento, pois imagine que um bombom tem 150kcal, o que seria o equivalente a 20min de esteira intensa para um homem de porte médio.
Na outra ponta do espectro se você não tem nutrientes, você não tem o material para a construção de massa muscular. Esse é um dos principais impensílios que as pessoas encontram para ganhar massa muscular. O medo de engordar acaba fazendo com que elas tenham rejeição a grandes quantidade de alimentos.
O ideal é procurar um nutricionista que vai saber a quantidade exata para que você consiga alcançar seus objetivos.

-Mudança muito constante de treinamento
No mundo atual, onde tudo está na ponta dos dedos as pessoas querem resultados para ontem, com o mínimo de esforço. Isso leva a uma busca constante pelo "melhor método do mundo", o que sinceramente não existe. Por isso as pessoas começam uma semana treinando de certa forma, e na próxima semana já mudam de idéia e começam outro treinamento.
Esse tipo de abordagem é ruim, pois como precisamos aumentar a sobrecarga nas musculaturas de maneira progressiva ao longo do tempo, isso impede um correto acompanhamento e mesmo que a sobrecarga aumente de alguma forma, você não tem um controle do quanto está aumentando o que pode levar a um estimulo muito fraco ou muito forte e em ambos os casos evoluir menos do que seguir um programa de treinamento até o final.

-Excessos no treinamento resistido
Normalmente o treinamento tem padrões que servem para a grande maioria das pessoas, obviamente que seu treinador pode ir realizando pequenas modificações conforme ele vai conhecendo mais sobre a sua individualidade. Mas observamos que os alunos por conta própria vão realizando modificações que não são produtivas.
É comum observar aumentos exagerados no treinamento, por exemplo está prescrito 3x10 em todos movimentos, o aluno acredita que fazer mais vai levar a um melhor resultado por isso começa afazer 5x10, ou seja, ele quase DOBROU o volume de treinamento total.
Outro ponto importante é quando o aluno começa a ser introduzido as técnicas de intensidade ele tem uma evolução grande, levando ele a crer que quanto mais daquilo melhor. Em um primeiro momento ele evoluí grandemente com 1 drop-set no final de alguns exercícios, mas ele quer resultados mais rápidos, e acaba fazendo drop-set em todos movimentos, em todas as séries, e os resultados param. Ao invés de repensar essa abordagem, os alunos tendem a aumentar mais ainda a intensidade, fazendo drop-sets duplos.
Técnicas de intensidade são como remédios, é o remédio certo e na quantidade certa que dá o efeito.

-Excesso no treinamento aeróbio
A grande maioria das pessoas pensa em aumentar o treinamento aeróbio para emagrecer, enquanto em parte isso pode gerar algum tipo de benefício se você está em um deficit calórico muito grande, ao invés de colher mais benefícios seu corpo vai começar a diminuir o gasto energético nas outras atividades do dia-a-dia. Além disso muitas pessoas com medo de engordar em um processo de ganho de massa muscular, mantém o aeróbio (ou aumentam) só que acabam com o excesso de estimulo total e também com esse aumentando do gasto energético, prejudicando o descanso e superavit energético necessário para que ocorra o ganho de massa muscular.

-Falta de comprometimento com o treino
Quando eu era atleta, se o treinador me falasse que eu precisava bater a cabeça na parede para ficar mais forte, era exatamente o que eu ia fazer.
Mas atualmente nós temos 2 problemas: a falta de comprometimento com o treinamento e muitas pessoas opinando no treinamento.
As pessoas obviamente querem uma saída fácil e que de resultados rápidos, sempre a procura da pílula mágica, e esquecem que a constância diária na academia e com a alimentação e descanso que vão trazer os resultados.
E segundo que é fácil encontrar diferentes pessoas com diferentes opiniões sobre treinamento, e o mais engraçado é que não necessariamente alguma delas tem que estar errada.
Você pode encontrar um treinador que te recomenda um treino com muito volume e baixa intensidade, outro que te recomenda com baixo volume e alta intensidade, ambos podem produzir resultados, mas quando o aluno decide pegar e mesclar os dois treinamentos fazendo baixo volume e baixa intensidade, ele acaba por não ter resultados!

Lembre-se procure melhorar seu treinamento de maneira geral, sempre se superando a cada treinamento.

Abraços e Bons Treinos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário