sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

O impacto do seu cotidiano no seu treinamento

     
Para muitos marombeiros o sonho de consumo seria não trabalhar e só ter que ir treinar na academia, mas sabemos que esse não é o caso da maioria da população. Que tem dias estressantes e cansativos antes ou depois do treinamento na academia.

Vamos entender então como isso afeta seu treinamento e se você deveria modificar seu treinamento em razão do seu cansaço do dia-a-dia.

É importante entender que independente do seu tipo de trabalho (que fique muito em pé ou ande muito) ele jamais vai substituir um treinamento de membros inferiores, mas vai direcionar a necessidade de trabalhos preventivos.
Se você trabalha muito sentado provavelmente vai ter que realizar trabalhos posturais e alongamento e fortalecimento das musculaturas lombares e posteriores de coxa. Pois a tendência é encurtar essas musculaturas e começar a ter vícios posturais.
Exercícios recomendados: alongamento de posterior de coxa, abdutores, iliopsoas e peitoral.
Se o seu trabalho exige muito de você fisicamente a melhor estratégia é evitar treinos longos e investir em treinos intensos, gerando assim menor desgaste e dando mais tempo para recuperação. Uma outra estratégia interessante é adaptar treinamentos menos frequentes na academia, dando por tanto preferências para treinos únicos ou uma divisão AB.
Exemplo de treinamento único: Supino reto, remada aberta, desenvolvimento, agachamento abdominal reto.
Exemplo de divisão AB:
A:Supino Reto, Supino Inclinado, Desenvolvimento, Elevação Lateral, Tríceps Testa
B:Remada Aberta, Puxada Supinada, Terra, Agachamento, Rosca Direta
Mas se você possuí uma rotina complicada, onde um dia é totalmente diferente do outro, onde em algumas semanas você consegue fazer 4 treinos e em outras somente 2, obviamente que querer seguir uma divisão de treinamento com 4 treinos diferentes não vai ser ótima.
Uma excelente estratégia então é utilizar um treinamento não muito dividido (AB) e não realizar modificações nele, pois é possível treinar 4x por semana AB e evoluir e também 2x por semana e evoluir. Ou fazer modificações de acordo com a sua frequência naquela semana.
Exemplo:
Você treina normalmente 4 treinos diferentes:
-Peitoral e Tríceps
-Costas e Bíceps
-Pernas
-Ombros
Na semana que você só tiver oportunidade de treinar 2x, você reduz o volume de cada treinamento em 50% e realiza 2 treinos no mesmo dia:
-Peitoral, tríceps e ombros
-Pernas, costas e bíceps
A grande questão é que apesar de obviu eu insisto em ressaltar na diminuição do volume pela metade, pois realizar 2hrs de treinamento não vai ser mais produtivo ao contrário vai acabar prejudicando seu desenvolvimento.
Por último mas não menos importante vamos falar sobre modificações na sua divisão de treinamento de acordo com seu dia, após que eventualmente você já teve um dia ruim e era justamente o dia de pernas, aí você vai para academia e faz aquele treino porcaria, e consequentemente só vai ter um treino produtivo de membros inferiores dali X dias.
É melhor repensar sua programação, eventualmente colocando um treinamento de menor  volume naquele dia ou pensar em aumentar a intensidade e fazer um treinamento mais curto afim de não “perder” a rotina de treinamento, mas não realizar um treinamento não produtivo.

Abraços e Bons Treinos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário