segunda-feira, 21 de março de 2016

Como adaptar seu treinamento a outras atividades?

Muitas vezes imprevistos ocorrem em nosso cotidiano, algo que acaba nos impedindo de treinar ou acaba fazendo com que tenhamos que adaptar nosso treinamento. Mas e quando optamos por praticar alguma outra atividade? Seja uma corrida ou um jogo de futebol? Deveríamos repensar o nosso treinamento em decorrência desse desgaste?


Obviamente que qualquer atividade física vai ter um impacto na sua recuperação, mas é importante entender que nem sempre esse estimulo vai ser tão deletério. Digo isso pois normalmente estamos falando de atividades aeróbias e de baixa intensidade.

Quando falamos de atividade aeróbia de baixa intensidade como uma corrida ela acaba por ter um perfil mais recuperativo, não gerando tanto desgaste nas fibras musculares e sua completa recuperação energética acontece em cerca de 24hrs.

Mas nem tudo é tão simples, pois muitos esportes apesar de serem predominantemente aeróbios, tem componentes fundamentais anaeróbios, como uma corrida mais rápida até o gol. Nesse caso o desgaste vai ser maior e provavelmente a sua dor tardia também, por tanto um período de cerca de 48hrs é necessário para uma completa recuperação.

De forma geral essas atividades são benéficas, e são uma excelente forma de melhorar seu condicionamento físico. E não necessariamente você tem que ficar 48hrs sem treinar, mas sim evitar treinamentos exaustivos para essa musculatura que foi mais solicitade, que normalmente na maior parte dos esportes são os membros inferiores.

Na sua organização semanal minha sugestão é que você deixe ao menos 1 dia de descanso para essa musculatura, ou seja, se você jogou futebol na quarta, seu treino de pernas tem que cair ou na segunda ou na sexta.

Outra pergunta bastante comum é se devemos "pular" ou não realizar o treinamento do dia em caso de realizar outra atividade. Existem 3 cenários:
-Você vai fazer a atividade substituindo (no mesmo horário) que seu treinamento.
-Você vai fazer a atividade logo em seguida do seu treinamento
-Você vai fazer a atividade quase 12 hrs depois

Se você vai fazer a atividade no lugar do seu treinamento, você não vai conseguir conciliar o treinamento no mesmo dia, a melhor opção é postergar seu treinamento em 1 dia, ou seja, se você ia treinar peitoral hoje, você vai treinar peitoral amanhã e assim por diante (mas sempre lembrando de respeitar o período de descanso para a musculatura mais solicitada no esporte).

Se você quer fazer a atividade logo depois do treinamento, eu desaconselho e sugiro optar por fazer o treinamento no dia seguinte, a explicação é que o estresse é muito grande e seu catabolismo vai estar muito alto. Apesar de ser plenamente possível fisicamente vai atrapalhar seu rendimento em ambas atividades e você ainda corre mais riscos de lesões.

Se seu treinamento e o esporte são 12hrs de diferença um do outro é uma boa opção. Isso porquê você já vai ter conseguido realizar algumas refeições e repor um pouco do seu estoque energético, e apesar de realmente ser um fator estressante a mais, você não está saindo diretamente de um estresse e caindo em outro. Lembre-se porém de pensar na questão de conciliar os treinamentos, por exemplo:
Quarta de manhã: treino de peito
Quarta a noite: futebol
Quinta de manhã: treino de costas


Seguindo essas pequenas regrinhas não tem erro, e é possível ainda utilizar essas atividades para melhorar seu condicionamento e queimar umas kcal extras.

Abraços e Bons Treinos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário