segunda-feira, 9 de maio de 2016

Abdômen: formato e definição

Como todas as musculaturas do seu corpo o abdômen também já tem seu formato determinado geneticamente, por tanto, não vai existir nenhum tipo de treinamento que você possa fazer para desenhar ele, mas podemos trabalhar afim de deixar ele mais aparente e definido...

Para ter seu abdômen aparente o principal fator é a porcentagem de gordura corporal, nada acima de 12% vai mostrar alguma coisa. Idealmente próximo de 8% seu abdômen vai estar aparente com nenhuma ou pouca contração muscular.

O grande problema é chegar até essa porcentagem. Como você já deve ter imaginado vai ser necessário dieta e treinamento voltado para o emagrecimento. E é aí que as pessoas erram.

Infelizmente dependendo do seu nível atual é necessário perder muita gordura, e isso é alguns kilos, e consequentemente perder volume muscular de maneira geral, o que acaba fazendo com que muitas pessoas prefiram não ter o abdômen aparente e parecer "maiores" ou desistem por acharem impossível ou muito trabalhoso.

A verdade é que manter uma porcentagem de gordura corporal entre 8-12% não é trabalhoso, o difícil é chegar lá no primeiro lugar. A maior parte das pessoas está acostumada com a rotina delas, ou seja, é difícil largar aquela cerveja e outros costumes que acabam impactando nos objetivos "fitness".

Fora o trabalho voltado para o emagrecimento é comum querer realizar algum tipo de trabalho focado no abdômen, seja por acredita que ele vai queimar gordura local ou que vai deixar essa musculatura muito mais hipertrofiada e aparente.

Sabemos que gordura corporal é queimada de uma maneira sistêmica, ou seja, não da para queimar gordura de um só local. E a hipertrofia da musculatura abdominal não é tão significante que vai fazer com que você não precise perder gordura corporal, mas o trabalho de hipertrofia pode ser importante para te ajudar a ganhar um pouco mais de volume nessa musculatura e/ou trabalhar alguma região que você queira desenvolver mais.
Apesar da crença comum que existem abdominais que pega a parte inferior do reto e outros a parte superior, ela é na verdade uma só musculatura e qualquer movimento de flexão do tronco vai trabalhar o reto abdominal.
Já os obliquos externos são trabalhados em movimentos de flexão lateral e rotação.
E as musculaturas profundas são estimuladas basicamente em qualquer exercício com peso livre, mas podemos trabalhar elas com exercícios como pranchas.

Sabemos desses detalhes podemos então compreender que o trabalho abdominal pode ter um papel, mas o fundamental é realizar um trabalho para reduzir a porcentagem de gordura corporal para que seja possível deixar o abdômen visível.

Abraços e Bons Treinos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário