domingo, 11 de setembro de 2016

Treinamento de oclusão

O que seria o treinamento de oclusão? Seria um método melhor ou pior que o tradicional? Quando utilizar? Vamos tirar todas essas dúvidas.



O treinamento de oclusão é quando utilizando algum sistema, impedimento o fluxo de natural de sangue em uma determinada musculatura. Esse fluxo é REDUZIDO e não impedido completamente, e tem como objetivo fazer com que acumulemos mais metabólitos (residos do metabolismo) naquela musculatura alvo e assim criemos um ambiente mais favorável a hipertrofia.

Essa técnica de difundiu a uns alguns anos atrás com a promessa de ser uma alternativa aos treinamentos normais, onde seria possível trabalhar com cargas de até 20% da sua carga máxima e conseguir resultados.

Normalmente eu tento apresentar somente os fatos científicos, mas nesse caso tenho que contar minha experiencia pessoal com essa técnica. Para realizar essa técnica eu e um professor amigo meu, começamos a utilizar um elástico (similar aqueles antigamente utilizados na hora de tirar sangue), e utilizamos em musculaturas fáceis e pequenas (antebraço e panturrilhas) e que sabíamos que o risco era pequeno.

Começamos utilizando uma pressão bem pequena e as cargas eram leves, mas lembro que chegamos a trabalhar com até 50% da carga máxima para os exercícios. O problema é que enquanto meu amigo conseguia realizar os movimentos com uma certa naturalidade, eu quase morria de dor.

Não importava a carga, eu conseguia fazer com qualquer carga de 20-50%, mas o acumulo de metabólitos na minha musculatura era muito grande o que tornava-se uma tortura muito rapidamente, em 3 séries (ou seja, menos de 5min de tempo) eu suava horrores devido a apreensão de tirar a restrição do fluxo sanguíneo. Interessantemente meu amigo apesar de sentir desconforto conseguia realizar normalmente.

Isso se deve principalmente a capacidade anaeróbia/aeróbia de cada um, por ser uma pessoa muito anaeróbia eu conseguia produzir grandes níveis de lactato e outros sub produtos localmente, o que causava uma sensação horrível.

Mas e quanto aos resultados? Interessantemente após 1 mês, obtivemos relativamente os mesmos resultados.

Entretanto com o passar do tempo a ciência também foi pesquisar, e foi constatado que esse tipo de treinamento não apresentar nenhum tipo de vantagem em relação ao treino comum para desenvolver massa musculatura, apesar de ser muito pior para o desenvolvimento de força. O que é interessante é que esse tipo de treinamento pode ser aplicado para pessoas com problemas articulares que não podem suportar grandes quantidades de peso nos exercícios, de forma a trabalhar de maneira mais intensa com menos carga.

Apesar de ser uma alternativa é uma técnica que deve ser usada com cautela, e até evitada por pessoas com problemas cardiovasculares. Não recomendo seu uso constante e sim como uma eventual terapia de choque em alguma musculatura (lembrando que não dá para fazer ela em todas as musculaturas). Lembre-se de analisar sempre os prós e contras das técnicas.

Abraços e Bons Treinos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário