quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Posterior: o mistério do treino de ombros

Quando falamos de treinamento físico, sempre vai existir alguma parte que você vai ter mais dificuldade de desenvolver que o seu colega e vice-versa. Mas se todo mundo tem dificuldade com a mesma parte, será que a abordagem não está errada?
A parte posterior de ombros é importante para balancear o tanto de esforço que colocamos nos movimentos de empurrar e serve para dar um aspecto mais redondo no seu ombro, fazendo que que pareçam maiores não importando de onde seja observado.

Mas por ser uma musculatura que é trabalha nos dias de costas indiretamente e se você faz um dia só de treinamento para os ombros, qual será o problema com a abordagem geral de treinamento nessa musculatura?

Apesar de ela ser estimulada indiretamente em diversos movimentos, outras musculaturas acabam sendo mais importantes para realizar o movimento, em resumo sofrem mais estresse e quando vocÊ para o movimento por fadiga essa porção dos ombros ainda não fadigou.

Por outro lado podemos dizer que a maioria das pessoas faz sim algum movimento "isolado" para essa musculatura, e esse é o problema: as aspas. Sim, pois apesar de utilizarem alguma forma de crucifixo invertido, elas ou movimentam a articulação do cotovelo ou forçam excessivamente a musculatura do trapézio para retrair as escápulas.
Elevação em Y no banco

O movimento ideal de posterior de ombro não é tão amplo, onde você não deixaria os braços formarem um angulo de 90 graus com seu tronco para não deixar a musculatura descansar e não ultrapassaria o angulo de 180 graus, para não tirar a tensão da musculatura e transferindo para a parte posterior dos ombros.

Uma dica simples é que para a maior parte das pessoas é mais fácil realizar esse movimento com a pegada pronada (palmas das mãos voltadas para "baixo"), observo que quando utilizam a pegada neutra acabam por realizar um maior movimento de "remada".
Facepull

E lembrem-se que outros movimentos podem ser utilizados, como os facepull, crucifixo invertidos unilaterais e movimentos em Y e elevações deitado no banco também vão ser efetivos para trabalhar essa musculatura e variar os estímulos.

Abraços e Bons Treinos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário