segunda-feira, 27 de agosto de 2018

A carga e a sobrecarga

É comum no treinamento a máxima da "progressão de cargas". Ela é tão famosa que tem inspirações míticas: Mílon de Crotona. Ela conta a história de um grego que começou a carregar um pequeno bezerro todos os dias e conforme o bezerro crescia sua força ia aumentando proporcionamento.
Mas esse princípio pode ser empregado literalmente no treinamento para hipertrofia?

Enquanto basicamente todo treinamento necessita de uma SOBRECARGA progressiva isso não quer dizer que necessite de CARGA progressiva.
É importante diferenciar: sobrecarga é o estresse colocado sobre a musculatura ou organismo, enquanto a carga é simplesmente o peso.

Dessa forma é plenamente possível compreender que aumentar a sobrecarga pode estar relacionado ou não ao aumento de carga. Um bom exemplo de aumento de SOBRECARGA sem aumentar a CARGA seria começar levantando um determinado peso para 10 repetições, na semana seguinte levantar o mesmo peso para 12 repetições, e na semana seguinte levantar o peso para 15 repetições.

É simples de observar que apesar da carga ter se mantido a mesma a sobrecarga aumento cerca de 20% a cada semana.

Podemos citar outro exemplo com a variando a execução do movimento, vamos imaginar que na primeira semana você fez as mesmas 10 repetições, e levou 2 segundos para realizar cada repetição (um total de 20 segundos), se você na segunda semana realizar as mesmas 10 repetições porém levando 3 segundos para realizar cada repetição (um total de 30 segundos), você irá aumentar a sobrecarga em 33%!

Além disso é necessário levar em consideração a amplitude, a velocidade em cada fase do movimento, as pausas (ou falta) durante o movimento e todas as outras variáveis possíveis na realização de uma série.

É preciso compreender que enquanto a carga é uma ferramenta eficiente para aumento da sobrecarga ela possuí limites (você não vai fazer 300kgs na rosca direta), porém é sempre possível aumentar o estimulo em qualquer musculatura alterando outras variáveis.

Abraços e Bons Treinos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário